:: Programa de Pós-graduação em ciências sociais da UFBa ::

Aumentar o tamanho do texto Diminuir o tamanho do texto Imprimir página atual

A Imagem da barbárie na crise do Capitalismo contemporâneo – Representações Sociais no cinema documentário.

Tese de Doutorado apresentada por Altair Reis de Jesus em 2015.

Orientador: Prof. Dr. Jorge Luiz Bezerra Nóvoa

Resumo:
Este trabalho tem como objeto de análise a imagem da barbárie representada no cinema documentário no capitalismo contemporâneo em crise. Desta forma, buscou-se investigar especialmente as cenas de violência e brutalidade cometidas na sociedade em meio a crises sucessivas do capital após o desmantelamento do chamado “socialismo real”, pondo fim a Guerra Fria envolvendo os EUA e URSS a partir de 1989. O cinema documentário foi escolhido como ferramenta para esta investigação, poiscomo produto da atividade humana, não se encontra dissociado das questões estruturais de uma determinada sociedade. Neste sentido, buscou-secompreender o conteúdo imagético e discursivo da representação da barbárie, os interesses e a dimensão ideológica presentes nos conflitos onde ela ocorre, assim como apreender o fenômeno das explosões de barbárie no mundo, associando-a com a crise estrutural do capital nos dias atuais. A pesquisa foi dividida em duas etapas para uma melhor apropriação do objeto. A primeira parte tratou de investigar, do ponto de vista teórico os diversos discursos sobre a barbárie, a crise do capitalismo e o cinema. A segunda parte constitui-se da análise do material empírico sobre a barbárie com base nos documentários Fantasmas de Ruanda, A Guerra de Kosovo, Fahrenheit 11/9 e Os Fantasmas de Abu Ghraib. Todos os documentários tiveram seus conteúdos imagéticos, discursivos e sonoros decupados e analisados através da decupagem plano-a-plano.No que diz respeito ao resultado do processo de decupagem, observou-se que o contexto atual do capitalismo em crise,revela as atrocidades cometidas contra a sociedade como por exemplo: estimular guerras em zonas estratégicas para sobrevivência do capitalismo, destruir forças produtivas,extrair ao máximo os recursos naturais tornando tudo ao seu redor mera relação de troca – mercadorias – , assim como negligencia conflitos de baixa rentabilidade para o processo de acumulação, a partir da sua lógica destrutiva e sua sana para extrair a mais valia sob as mais variadas formas de barbárie. Nisto está a importância dos documentários como ferramenta de registro e representação da realidade social dos atos de barbárie produzidos contemporaneamente.

Palavras-chave: Barbárie: aspectos sociais 2. Crise do capitalismo 3. Cinemadocumentário 4. Imagem 5.Ideologia 6. Guerra Moderna

Banca examinadora: Dr. Jorge Luiz Bezerra Nóvoa. Prof. Dr. José Francisco Serafim Prof. Dr. Carlos Zacarias Figueirôa de S. Junior Prof. Dr. Paulo Antonio de Freitas Balanco Prof. Dr. José Costa DAssunção Barros

Clique aqui para baixar o texto completo

 

© 2017 PPGCS

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - UFBA - Estrada de São Lázaro, 197
Federação, CEP: 40.210-730 - Salvador, BA - Brasil
Telefone Tel: +55 (71) 3235-4635 - Feedback Formulário de Contato

Administração